Atividade Educacional Com as Crianças da Comunidade do Sapo – Micróbios, seres que não podemos ver

MICA – Movimento Infantojuvenil Crescendo com Arte

PMP – Projeto Marcelinho Protetor

“Micróbios, seres que não podemos ver”

Este foi o tema da atividade realizada no Polo Ecocultural Pedra Branca, Av. Santa Inês, 3321, no dia 25 de setembro das 9h às 16.30h com as crianças da Comunidade do Sapo.

O tema foi bem aceito pelas crianças, pela curiosidade que envolve o assunto. Os monitores do Polo, Thalita Carvalho de Almeida Medeiros – Gestora Ambiental e José Carlos Oliveira Santos – Técnico Ambiental desenvolveram uma atividade falando sobre os micróbios do bem e os micróbios do mal (patogênicos) e respondendo às muitas perguntas das crianças. Apresentaram vídeos com imagens de micro-organismos vistos ao computador e, ao final da atividade, montaram um “microscópio caseiro” (uma gota d’água foi atravessada por um feixe de luz de laser), e assim as crianças puderam observar a existência dos micróbios, ao vivo.

A seguir, a Médica Veterinária Yamê Melo desenvolveu uma atividade falando sobre as doenças dos animais causadas por micróbios. Doenças dos animais que podem ser transmitidas aos humanos e doenças, que são específicas dos animais, e não são transmitidas aos humanos. Cuidados com os animais para evitar doenças – vacinas, banhos, escovação, etc

Em intervalos das atividades, as crianças tiveram momentos de gastar a energia nos brinquedos do parque e momentos com brincadeiras mais tranquilas, no salão, com o jogo do “lenço atrás”.

Através da arte-educação, as crianças realizaram uma atividade de pintura. Claro, pintando muitas imagens de micróbios.

E continuando com a arte, passaram para o auditório, realizando uma oficina de teatro com exercícios de preparação vocal e corporal. Atividade elaborada e desenvolvida pela Profa. Carolina Valente. Criaram uma pequena peça, ensaiaram e a apresentaram no palco para os professores, voluntários e amigos do MICA presentes. Intitularam a peça “Convivendo com os Animais e os Micróbios”. Para uma maior fixação do conhecimento sobre o assunto, a Profa. do MICA Maria Nilce Nicodemos confeccionou máscaras para a apresentação da peça. Assim as crianças se envolveram com tema e aprenderam muito sobre os micróbios.

Percebemos que a cada atividade, esse grupo de crianças têm mudado seu comportamento quanto aos animais, à natureza, aos semelhantes e à própria busca por uma vida melhor. A meta de MICA e PMP é que as crianças sejam também os multiplicadores, em sua comunidade, dos conceitos assimilados nas atividades.

O nosso agradecimento a todos que colaboraram para que este evento acontecesse. Aos monitores do Polo Ecocultural, Thalita e José Carlos; à bióloga Talita Bitencourt Bordon da Silva, que elaborou toda a organização do evento em parceria com o MICA; a Tatiana Maffei – Gestora do Parque Estadual Alberto Löfgren – Horto Florestal, que confiou em nossa proposta e autorizou a realização do evento; aos funcionários da segurança e da manutenção do Polo; à voluntária da comunidade, Regina; aos voluntários do MICA; Marly Tur no apoio do transporte. E para custear café da manhã, almoço, lanche, materiais de arte, o nosso agradecimento ao Brechó da Simone e aos “Amigos do MICA” que compram rifas e fazem doações.

Como realizamos as atividades em uma unidade de educação ambiental, encerramos o evento deixando nosso legado para o futuro, plantando uma árvore. Lá ficou plantado um ipê roxo. Esperamos que cresça forte e floresça para sempre lembrarmos que “Sem Árvores, não haverá Vida no Planeta”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s