Importância da Vacinação

Qual a importância da Vacinação?

A vacina é importante pois protege os animais de estimação de diversas doenças altamente contagiosas e mortais. As vacinas essenciais recomendadas são:

Gatos:

  • Triplice Felina – que protege contra panleucopenia, rinotraqueíte viral e calivírose.
  • Antirrábica
  • Leucemia Felina**

Cães:

  • Multipla Canina – que protege para Cinomose, Parvovirose, Leptospirose, Coronavirose, Parainfluenza e Hepatite canina.
  • Antirrábica
  • Tosse dos Canis**
  • Giárdia**
  • Leischmaniose**

**Vacinas Adicionais Recomendadas: vacinas que podem ser apropriadas às necessidades de certos animais de estimação em particular ou de acordo com a região em que vivem.

A primeira vacinação do animal é realizada quando o filhote estiver com 6 semanas de idade e este deve receber 3 doses (tríplice felina para gatos ou múltipla canina para cães) com 4 semanas de intervalo entre cada administração. À partir de 4 meses cães e gatos podem ser vacinados contra raiva e só uma dose é suficiente, porém devem ser feitos reforços anuais.

Não existem contra-indicações em vacinar cadelas ou gatas no cio, prenhes ou gestando, e amamentando. Mas devemos lembrar que por influências hormonais a vacina pode não provocar uma proteção de 100% no animal.

A vacina só pode ser aplicada em animais sadios, não apresentando qualquer sintoma de doença ou abatimento, alimentando-se bem e tomando água, além de ter as fezes firmes, normais e também fazendo xixi normalmente. Cães ou gatos que estejam realizando qualquer tipo de tratamento devem ser avaliados pelo médico veterinário para determinar se ele pode ou não receber vacinas, mesmo que seja um problema de pele.

Os médicos veterinários tradicionalmente revacinam anualmente;  visto que as vacinas induzem a uma imunidade que dura pelo menos um ano, e considerando que no Brasil a pressão ambiental dos vírus da raiva, cinomose e parvovirose é muito intensa.

Recomendações:

  • NENHUM FILHOTE DEVE SAIR À RUA OU TER CONTATO COM OUTROS ANIMAIS SEM ESTAR VACINADO;
  • NUNCA DEIXE DE APLICAR AS DOSES ANUAIS E A VACINA ANTI-RÁBICA EM CÃES E GATOS;
  • MESMO ANIMAIS QUE VIVEM PRESOS PRECISAM RECEBER DOSES DE VACINA;
  • NÃO APLIQUE MEDICAMENTOS NO ANIMAL SEM CONSULTAR ANTES UM VETERINÁRIO;
  • MESMO VACINADO, NÃO DEIXE O ANIMAL FICAR EM CONTATO COM BICHOS DOENTES;
  • ANIMAIS CRIADOS COM RESPONSABILIDADE NÃO TRANSMITEM DOENÇAS AOS HOMENS
fonte: Clinica Vet. Vira-lata
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s